Voluntariado no MB

 

“Juventude possui energia, ideias e otimismo para fazer a diferença. Trata-se de uma força para alavancar mudanças positivas. Devemos investir nele(as); devemos aprender com eles(as); devemos ser seus parceiros(as).”

KOFI ANNAN
Ex-Secretário Geral das Nações Unidas (ONU)

O Movimento Bandeirante (MB) é uma das três maiores organizações de trabalho voluntário no Brasil. Está representada em 14 estados brasileiros e conta com, aproximadamente, 10 mil bandeirantes, compreendidos entre coordenadores, dirigentes, membros técnicos ou de apoio aos projetos e ações desenvolvidas, que atuam como voluntários.

Os voluntários vem por diferentes caminhos, com distintos conhecimentos, possibilidade de dedicação e interesses. Mesmo assim, há ainda uma característica comum entre eles: a vontade de SERVIR, de exercer a sua CIDADANIA, buscando na Instituição atividades que possam gerar crescimento e realização pessoal pelo reconhecimento de sua contribuição na construção de um mundo melhor.

Os voluntários sempre desenvolveram um papel fundamental no Bandeirantismo,

através da coordenação das atividades do programa educativo ou pela assistência e suporte para a organização do Movimento Bandeirante. Assim, eles asseguram a continuidade da ação educativa bandeirante, desvinculada de qualquer obrigatoriedade de remuneração.

O MB depende da força e da criatividade das equipes de voluntários para realizar o seu trabalho e cumprir seus propósitos e sua Missão: “ajudar crianças, adolescentes e jovens a desenvolverem seu potencial máximo como responsáveis cidadãos do mundo.”

Para que isto aconteça e para que o processo de adesão seja permanente, o MB, em todos os âmbitos de sua ação, procura estar preparada para receber os voluntários oferecendo-lhes um espaço concreto de atuação que resulte:

Na satisfação e realização pessoal daqueles que estão dispostos a dedicar seu tempo, talentos e experiências em benefício das crianças, adolescentes e jovens através do Movimento Bandeirante.

No reconhecimento e certificação da progressão e habilidades adquiridas dentro do Movimento Bandeirante. Na valorização e reconhecimento do serviço realizado.

A participação no Movimento Bandeirante é de livre e espontânea vontade e, ao se engajar, o voluntário assina um termo de reconhecimento da sua atuação como Voluntário dentro da Instituição, de acordo com a Lei nº 9.608, de 12/02/98.

Junte-se a nós!